Insanidades

Considero que o título já diga alguma coisa

quinta-feira, julho 01, 2010

Porto [FAJUTO] Seguro

Postado por Cacau |

.
É lindo sentir o amor cego e incondicional [nem tanto] de Bentinho por Capitu, afinal quando jovens inocentes [só um pouco] ela era sua musa, seu amor de menino, sua esperança de não se tornar padre como era o desejo de sua carola e carente mãe. E Capitu sentia por ele, bem eu confesso que não sei, nunca entendi o que aquela desmiolada sentia ao certo, só sei que eu sempre simpatizei com ela. Para Bentinho ela era seu porto seguro, e sabemos bem no que deu, ao menor [é, eu sinceramente não creio que ela o traíu com o finado Escobar] sinal de que seu filho poderia ser de seu melhor amigo; seu mundo desmorona e ele se fecha à tudo, inclusive a ele mesmo.
Ouvir a homérica história de amor e ardente paixão entre Paris e Helena que motivou a guerra de Tróia e sua  destruição, rendeu bons cifrões para Brad Pitty, Orlando Bloom e demais elenco. Mas como eu sou uma criança má vos direi: Tróia foi invadida porque era um reino próspero e possuía recursos que interessavam aos domínios gregos [se não me falha a memória]. Portanto nada de sangue derramado porque Menelau levou vários chifres e quis defender a sua honra e de sua esposa de beleza inatingível e divina. É, a guerra teve motivos muito mais sólidos, corriqueiros e nem um pouco épicos.
Já escrevi demais e não falei o primordial. achar que um cara irá ser meu porto seguro, a razão dos meus dias e que sem ele a música Tudo azul, todo mundo nú do Lulu Santos não vai fazer sentido no meu mp3? 
Nem fo-den-do!

cacau

9 comentários:

Nosso querido diário disse...

Esse filme (da foto) é perfeito! O seu texto é muito bom também, muitas pessoas usam o "AMOR" como desculpa para seus atos impensados.
Beijos

O Jardim disse...

Seguindo aqui! Conto com sua presença lá no meu blog! Se gostar siga (:

Arthur D'mello disse...

me lembrou machado,
não devemos criar expectativas excessivas nas outras pessoas, devemos ser independentes.

Leonardo Ângelos disse...

confesso a vc q eu tenho medo d idealizar uma pessoa ao ponto de ela ser a razão de tudo na minha vida.... mas se vc parar p analisar, no fundo todo mundo quer isso: se entregar totalmente, se perder, etc e tal... só que aí vem o medo, pq se os "ovos" estão numa só cesta, caso venham a cair o estrago vai ser fatal..... isn't, cacau?

p.s: saudades do blog-messenger

Confissões de Magnolia disse...

Eu ja li o livro
e sim ela é bem desmiolada
aoeiaoieoiei
seguindo>>>>
beijinho

sem mais # disse...

ótimo seu blog
gostei mto do texto (: vou seguir

Jeh Pagliai disse...

Q demais, adorei!
Ahhh, vou procurar o livro tmb, fiquei curiosa...rs

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

Marianne disse...

É isso aí...ñ podemos colocar muitas espectativas em cima das pessoas, pois elas são humanas, erram, ñ são capazes ou ñ estão dispostas a nos dar o que queremos e acabamos nos decepcionamos. Ou ñ, muitas vezes nós é que nos iludimos, os outros, nadam fizeram.

Nosso porto seguro somos nós msm, os outros apenas ajudam a ser mais divertido :)

d. carollina disse...

Concordo muito com a sua última frase. Não vale a pena depositar tanta confiança assim em alguém, e achar que ela sempre vai te proteger e estar ao seu lado. Sei lá, humanos mentem, traem, e alguns fazem tantas atrocidades que eu não depositaria tanta confiança assim em ninguém.

Sweeney Todd ♥ Adorei a foto da postagem, e adoro o filme também, Depp, Helena e Burton. Trio perfeito! (:

Gostei sobre os seus comentários de filmes e obras literárias. E também acho que a Capitu não traiu o Bentinho, apesar do garoto ter todas as características marcantes do Escobar, e dos olhos de Capitu quase "sugando" o defunto e tals. Mas se for pensar, Dom Casmurro diz que é advogado - ele gasta poucas linhas pra isso, mas ele diz em um ponto do livro. Ele é o narrador da estória, ou seja, só temos a versão DELE, e não temos a versão da Capitu e de nenhum outro personagem. E todo advogado é competente o suficiente para incriminar alguém, e fazer esse alguém ser culpado, mesmo que seja inocente. Há tantas formas de analisar esse livro, e até envolvendo a peça Otelo e pegando o personagem sacana que é o Iago, dá para fazer uma ligação com o Bentinho. Só sei que esse livro é um dos mais incríveis que já li, enfim, a postagem nem era exatamente sobre o livro, mas não resisti. SALÇDKASLÇDKF Mas enfim, a Capitu pode ser inocente, mesmo sendo um pouco interesseira.

Postar um comentário

Subscribe